fbpx
Menu
Dicas

Como escolher o Fotógrafo para o seu Casamento

Sempre lembramos os noivos que as únicas lembranças que eles terão para reviver esse dia tão importante, serão as fotos e os vídeos. E existem muitas dicas de como escolher o fotógrafo para o seu casamento, mas eu deixarei algumas bem diretas aqui, que facilitarão e muito na hora da sua escolha.

Mas antes disso, olha só esse vídeo que eu compartilhei a um tempo atrás lá no meu Facebook.

Deu pra sentir o tipo de “profissional” que tem por aí né?  ??  E só pra constar, o vídeo é engraçado mas é muito, mas muuuuuuuito real!

Maaas, vamos as dicas.

1. Reunião presencial. SEMPRE!

Mais importante do que ter uma boa foto, é saber se você quer mesmo ter aquela pessoa com você o dia inteirinho, em um dos dias mais importantes da sua vida. Normalmente nós passamos umas 14 horas com o casal, e isso, só no dia do casamento! Agora, imagine você ter que “aguentar” um chatão no seu pé, ou alguém que você nem sequer conheceu antes. Complicado né?

Por isso que é tão importante a reunião presencial. Ali você pode conhecer os seus fotógrafos. Presencialmente é você sente se rola ou não aquela empatia, se eles realmente entendem que aquele dia é especial e único pra vocês. Esse tipo de coisa.

Tenha certeza que você não está contratando um aventureiro. Depois de 7 anos no mercado de fotografia de casamento, sempre encontramos casais que conversam com fornecedores e que percebem que aquele é só “mais um trabalho” e não como um dia único. Fuja desses fornecedores. É um dia muito especial pra deixar nas mãos de qualquer um. Ou seja, se ele estiver cansado porque teve um casamento no dia anterior, com certeza não conseguirá entregar tudo aquilo que te foi prometido.

Quer saber como nós olhamos a fotografia de casamentos? Dá uma olhadinha nesse link aqui. Sem falar que na reunião você pode ver e ter nas mãos o produto final de cada fotógrafo, seja um pendrive, um DVD, ou uma caixinha de presente, e claro, os álbuns.

2. Analise os álbuns e as entregas

Por falar em álbuns e pendrives, essa é a minha segunda dica: sempre confirme o que você receberá depois do casamento.

É possível ver ainda hoje fotógrafos entregando as fotos em DVDs ou em CDs, mas se você parar pra pensar, acho que nem o seu notebook tem leitor de CD/DVD mais, não é?

Confirme a quantidade de fotos que serão entregues, ou pelo menos uma estimativa. Veja quantas fotos irão pro álbum, como será o álbum, tamanho, páginas, etc.

Ah, e tudo isso muito bem descrito em contrato, é claro!

Agora, dá só uma olhada em apenas uma parte do que entregamos pros nossos casais.

3. Entenda a linguagem fotográfica

Já fechamos contrato com noivas que contrataram outros fotógrafos e antes mesmo do próprio casamento, perceberam que não ficariam felizes com as fotos daquele profissional.

Por isso é importantíssimo você entender a linguagem de cada fotógrafo e saber como escolher o fotógrafo para o seu casamento.

Veja bem, não estou falando do fotógrafo ser bom ou ruim, e sim de linguagem fotográfica. Cores, criatividade, se ele é mais clássico ou com um estilo de fotos mais espontâneas. Isso influencia. E muito! 

Um bom fotógrafo de casamento deve entender o tamanho da responsabilidade desse dia. Deve entender o conceito de família. Isso traz muito mais emoção para as fotos e faz com que ele se entregue 100%, porque ele entende que todo momento é especial e importante.

4. Referências

O medo de contratar um fornecedor e ele sumir no dia do casamento sempre existe, ainda mais se tratando de um dia que não poderá ser repetido.

Para minimizar esse risco, a melhor dica que eu posso dar é: busque referências!

Fale com outros fornecedores, principalmente com aqueles que já trabalharam com esse profissional. Olhe o site, o Facebook, o Instagram, Google, fale com sua cerimonialista, tudo que puder.

Uma coisa que sempre aconselho é que falem com outros casais que contrataram esse profissional. Ninguém melhor pra te falar a respeito do que aqueles que já passaram pela experiência completa com aquele profissional.

Hoje em dia está bem comum sites que agregam fornecedores de casamentos, como é o caso do Casamentos.com, que nos premiou 2 anos seguidos como Melhor Fornecedor do Ano, 2017 e 2018, e esses sites tem a área de opniões, direcionada para casais.

O medo de contratar um fornecedor e ele sumir no dia do casamento sempre existe, ainda mais se tratando de um dia que não poderá ser repetido. Para minimizar esse risco, a melhor dica que eu posso dar é: busque referências! Olhe o site, o Facebook, o Instagram, Google, tudo que puder. Fale com outros fornecedores, principalmente com aqueles que já trabalharam com esse profissional. Uma coisa que sempre aconselho é que falem com outros casais que contrataram esse profissional. Ninguém melhor pra te falar a respeito do que aqueles que já passaram pela experiência completa.  Hoje em dia está bem comum sites que agregam fornecedores de casamentos, como é o caso do Casamentos.com, que nos premiou 2 anos seguidos como Melhor Fornecedor do Ano, 2017 e 2018, e esses sites tem a área de opniões, direcionada para casais. Vou colocar aqui embaixo algumas opniões sobre nós.

5. Custo x Benefício

Por último e claro, não menos importante, entenda a relação custo x benefício.

Quando se fala em custo x benefício não significa mais barato. E sim vantagens que você leva por ter pago por um produto ou serviço.

Cuidado com as “superpromoções” em feiras de noivas. “Descontos” enormes para pagamento à vista. Fotógrafos que oferecem álbum, ensaio, revista, drone, vídeo, cabine fotográfica, um golden retriever… tudo por um valor muito fora do padrão.

Bons fotógrafos tem custos maiores por trabalharem com materiais exclusivos, não só nas entregas como álbuns de maior qualidade, fotos impressas, como também nos equipamentos atualizados, vários backups das fotos para não correr riscos, câmeras, lentes, etc.

Por isso, nunca, NUNCA, contrate um fotógrafo somente pelo preço que ele cobra. Quem só vê preço, não entende o valor. Preço é o que você paga, valor é o que você leva para casa.

Quando você contrata um fornecedor somente pelo preço, a chance de se arrepender é muito grande. Principalmente se for o caso de foto e vídeo, que como eu disse, serão as únicas coisas que você você terá em mãos para se lembrar desse dia.

Se o buffet for ruim, em menos de um ano todos se esquecerão. Caso o DJ erre a música, em 6 meses ninguém mais vai se lembrar. Se o decorador esquecer algumas peças, em alguns meses ninguém vai falar disso, isso se nem perceberem no dia. Mas se você quis economizar e contratou um fotógrafo que não tem um bom olhar, um bom equipamento, uma entrega total nesse dia, suas fotos nunca irão te fazer sorrir quando lembrar desse dia.

E acima de tudo, pra finalizar uma dica bônus: PERGUNTE TUDO!

Leve uma listinha de perguntas como: Quanto tempo fica na festa? Quantos fotógrafos trabalharão no dia? Quem será o outro fotógrafo? (Caso tenha outro) Você estará presente e fotografando? (Eu sei… parece idiota perguntar isso não é? Mas acredite, existem fotógrafos que vendem “a cobertura do evento” e não aparecem para fotografar. Pois é…). Dessa forma, com perguntas como essas você consegue conhecer melhor o fotógrafo e entender como ele trabalha.

Temos uma página de Perguntas Frequentes, caso você queira tirar algumas dúvidas sobre nós.

Ah, e não se esqueça de colocar tudo isso no contrato beeeem detalhado.

Gostou das dicas? Conhece alguém que vai casar? Então manda pra essa pessoa e ajude ela a escolher um ótimo profissional.

Ainda temos algumas datas disponíveis. Não espere elas ficarem preenchidas. Me chama pra marcarmos um café!

Abrir Whatsapp
Oi noiva? Tudo bem? Gostando das fotos? Espero que sim! 😊 Bom, fique a vontade pra conhecer mais o nosso trabalho, afinal você quer escolher o melhor fotógrafo né? E se quiser pedir um orçamento ou bater um papo, é só clicar aqui embaixo!